Language | Idioma

English Spain

RESENHA: MEGADETH MOSTRA PARA BELO HORIZONTE POR QUE SÃO OS REIS DO THRASH METAL


O texto apresenta a opinião do autor da matéria, e não do site #VamosMusicalizar. A responsabilidade por todo o conteúdo deste artigo é, exclusivamente, do autor citado abaixo.

Por Luiz Ferreira

Na noite do dia 09.08.2016, a lendária banda de thrash metal norte-americana, Megadeth, se apresentou em Belo Horizonte, divulgando o disco “Dystopia”, seu mais recente trabalho.

Houve um certo atraso na abertura dos portões, algo em torno de 40 minutos, aproxima­damente, e as pessoas que ali se apresentavam com creden­ciais, não se mostravam muito “solícitas” para dar quaisquer informações sobre a organização.

Antes que o show principal começasse, a banda predominantemente brasileira de heavy metal, Armored Dawn, subiu ao palco e começou o show pou­quíssimos minutos depois da abertura dos portões, o que, ao final, fez muita relevância, para evitar ainda mais atrasos no final. A banda é formada por Eduardo Parras (Vocal), que também canta na Doctor Pheabes, Guga Bento (Bateria), Rafael Agostino, (Teclados) Timo Kaarkoski (Gui­tarra), Tiago de Moura (Guitarra) e Fernando Giovannetti (Baixo).

O show da Armored foi bem interessante e, embora eles se intitulem como “heavy”, me pa­receu melodioso e menos pesado como o intitulado, lembrando o próprio Sabaton, por exemplo. A banda apresentou, em set redu­zido, as músicas do seu primeiro disco, “Power Of The Warrior”, além de “Rainbow In The Dark”, em homenagem ao grandioso Ronnie James Dio.

Com um atraso aproximado de 10 minutos, o Megadeth inicia o tão esperado show, e tudo começou com ‘Hangar 18’, o que fez abrir um mosh pit logo de cara e frente ao palco, e esse seria apenas o primeiro.

Para a tristeza de alguns fãs, não trouxeram nenhuma música do ‘Endgame’, como ‘Headcru­sher’ ou ‘This Day We Fight’, mas, por outro lado, trouxeram várias do ‘Rust In Peace’, até mesmo ‘Down Patrol’ e Tornado Of Souls. Mas a maior surpresa, na minha opinião, foi notar que até mesmo Chris Broderick (ex-guitarrista da banda), em sua passagem com o Megadeth junto com o Black Sabbath, falou mais português no palco do que o próprio Kiko Loureiro – músico brasileiro, ex-Angra e atual guitarrista do Megadeth. Mas o que faltou em palavras, sobrou em presença de palco e técnica, Kiko andava o palco todo e demonstrava plena sintonia com o público e a banda.

Megadeth (ft. Armored Down) em Belo Horizonte/MG - 09/08/16


O show foi bastante variado, entre músicas “velhas e novas”, como próprio Dave disse no pal­co, e tudo correu muito bem e a acústica do lugar era bem regular, o que permitiu ouvir e aproveitar tudo sem nenhum problema, e não houve ocorrências de confu­sões ou brigas.
Ainda no início do set, Dave dedica “Tornado Of Souls” ao velho amigo, ex-baterista do Megadeth, Nick Menza, que fale­ceu em maio desse ano, levando consigo a esperança dos fãs em ver a formação do Rust In Peace no Megadeth algum dia.

Quase próximo ao fim do show, Dave tomou a palavra e fez um discurso bastante franco sobre o que ele observa dos dias atuais e do quanto essa geração está doente, além de coisas que têm experimentado nas turnês. Sempre em um intervalo ou outro das músicas, deixava claro a satisfação de estar ali com a multidão, que gritava o nome dele a todo o momento.

Em última análise, foi um excelente show e, embora Mus­taine já não consiga mais cantar como antes, ele deu tudo o que podia aos fãs que ali estavam e esbanjava carisma no palco, até mesmo quando ironizava a visão distorcida que fizeram dele pela composição da “Post American World”, do novo disco.

Espero que shows magníficos como este se repitam ao longo da turnê, foi uma grande honra estar ali.
#VamosMusicalizar

SETLIST MEGADETH:
1 - Prince of Darkness
2 - Hangar 18
3 - The Threat Is Real
4 - Tornado of Souls
5 - Poisonous Shadows
6 - Wake Up Dead
7 - In My Darkest Hour
8 - Conquer or Die!
9 - Fatal Illusion
10 - She-Wolf
11 - Dawn Patrol
12 - Poison Was the Cure
13 - Sweating Bullets
14 - A Tout Le Monde
15 - Trust
16 - Post American World
17 - Dystopia
18 - Symphony of Destruction
19 - Peace Sells
Encore:
20 - Holy Wars... The Punishment
Due

Anterior
Próximo »
0 Comentar