Language | Idioma

English Spain

ENTREVISTA: RICARDO LOPES (COLECIONADOR)


Em um mundo cada vez mais cheio de downloads, é raro encontrar alguém que possui o prazer de ouvir e cada dia mais, aumentar seu arsenal de CDs, vinis, etc.
Em São Paulo, temos um dos maiores colecionadores do Brasil, Ricardo Lopes é empresário, possui 42 anos, é um dos fundadores do maior fã clube brasileiro destinado à banda, KISS. Ele começou a colecionar desde os 5 anos de idade, quando colecionava moedas e selos, daí foi preciso apenas um empurrão para chegar à música. Já descobriu qual é a banda principal da farta coleção de Ricardo? Acertou quem disse: ‘KISS’.

Paixões
Os mascarados americanos são verdadeiros mestres do marketing, os produtos licenciados pela banda vão de preservativos a caixão do KISS, de escova de dente a papel higiênico, sem falar de camisetas, canecas e outros acessórios. Mas tudo isso não interessa muito a Ricardo, “minha coleção já foi muito maior do que é hoje, de algum tempo para cá concentrei todos os meus esforços em vinis, CDs, DVDs, livros e revistas (além de alguns instrumentos autografados para mim), hoje já não vejo muito sentido em colecionar bonecos e outros itens que não me remetam a música”. Conta o empresário. “Minha grande paixão são os bootlegs [gravações raras e inéditas não lançadas pela banda]”.
[Quase] Tudo de Rock n’ Roll
Mas se engana quem pensa que o colecionador tem olhos apenas para o KISS, “gosto e coleciono itens de outras bandas, obviamente minha grande paixão sempre foi o KISS, mas outras bandas como: Iron Maiden, AC/DC e o Depeche Mode (essa totalmente na contra-mão do Rock n’ Roll – banda de música eletrônica –) fazem minha trilha sonora e enchem as minhas prateleiras de CDs, LPs e Boxes”. Conta.

“Nunca vivi um momento como esse”
Ricardo afirma também que nunca viveu um momento tão bom durante sua carreira de colecionador, “estamos vivendo um momento extraordinário com relação a bootlegs, pequenas fábricas (principalmente no leste Europeu e Itália) estão colocando inúmeros itens a disposição dos fãs, e tratando-se de KISS posso te dizer que temos pelo menos 5 itens por mês sendo "lançados", todos incrivelmente bem acabados, muitas vezes até mais do que produtos lançados de forma oficial. Isso faz com que os colecionadores gastem o que têm e o que não têm para adquirir esses produtos. Em mais de 20 colecionando nunca presenciei um momento como esse. Todos os colecionadores estão felizes, mas também, pobres (risos)”.

Preciosidades
Todos temos aquele objeto de valor, que temos um ciúme quase incontrolável dele, não é diferente com os colecionadores. Ricardo tem um item que, com certeza, é um dos ‘xodós’ de sua coleção, “tenho alguns itens que possuo um grande carinho, entre eles um baixo "machado" do Gene Simmons [baixista e vocalista da banda KISS] autografado para mim em 2011, esse item representa uma mudança radical na minha relação com a banda. Gosto muito dos itens autografados, claro aqueles que consegui pessoalmente. Gene me deu de presente um prato agradecendo o apoio prestado na turnê brasileira de 2012, esse item é muito especial também”. Conta Ricardo.
O que mais vemos em colecionadores são as desistências desta vida, alguns se desfazendo de toda sua coleção por vários motivos. “Hoje vejo isto com muita naturalidade, estou vivendo um momento assim, não me desfazendo de tudo, mas de alguns itens que não fazem mais sentido. No inicio desse ano decidi focar. Sempre colecionei um pouco de tudo, o KISS possui muitos itens, que passam por camisinhas, caixões, carros, bonecos, papel higiênico e afins.  Decidi que focaria no "básico", a essência, ou seja, a música !” Afirma o colecionador.
Mesmo com todas as dificuldades, Ricardo não vê uma possibilidade de largar completamente o ‘vício’ de colecionar. “Uma vez colecionador, colecionador para sempre!”

#VamosMusicalizar




Anterior
Próximo »
0 Comentar